A DISPOSIÇÃO A PAGAR PELA COMPENSAÇÃO DA EMISSÃO DE CARBONO NO RIO GRANDE DO SUL: UM ESTUDO PARA A INDÚSTRIA COM ALTO POTENCIAL POLUIDOR

Bruno Silveira Goulart, Augusto Mussi Alvim

Resumo


O crescimento dos mercados voluntários de carbono, que visam compensar a emissão dos gases de efeito estufa, reflete o aumento da preocupação das empresas com um estilo de produção mais limpa e os seus benefícios com a redução de custos e postura frente ao consumidor. Através do Método de Valoração Contingente é analisada a disposição a pagar que as maiores empresas do Rio Grande do Sul têm a fim de compensar suas emissões de carbono via aquisição de créditos. Os resultados apontam que a maior parte das empresas tem interesse em participar do mercado. Entre as variáveis que influenciam a DAP estão o faturamento e a presença de um setor ambiental na empresa. Conclui-se que existe um mercado potencial para a negociação de créditos de carbono no estado, o qual pode ser expandido caso haja uma regulamentação adequada e uma difusão maior de conhecimento.

Palavras-chave


créditos de carbono; disposição a pagar; compensação de emissões.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.17648/sinergia-2236-7608-v21n1-5445

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


SINERGIA, ISSN eletrônico: 2236-7608 / ISSN impresso: 0102-7360, Rio Grande, Brasil

.......

Indexadores

PROPESQ PROPESQ Genamics JournalSeek PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ AmeliCA