A universidade federal do Rio Grande e o campo das políticas culturais o município do Rio Grande <BR> The Federal University of Rio Grande and the field of Cultural policy of Rio Grande city

Autores

  • Larisse Kupsky Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Rosimeri Carvalho da Silva UFRGS

Palavras-chave:

Cultura, Políticas Culturais, Programa Cultura Viva, Universidade

Resumo

Com base em pesquisa sobre a dinâmica do campo da cultura em um município gaúcho, a universidade federal que nele atua foi percebida como um agente eficiente, implementando políticas construídas pelo governo federal e colocando-se em oposição e disputa com as políticas culturais da prefeitura e de outras organizações atuantes na área. Partindo das mudanças na condução das políticas culturais nacionais com o Governo do Presidente Luís Inácio Lula da Silva, em 2003, em seus oito anos de governo, e de seus dois ministros para a cultura Gilberto Gil e Juca Ferreira, o artigo mostra ainda como a Universidade Federal do Rio Grande (FURG) foi importante na impulsão das políticas federais no município. Procura-se demonstrar esta atuação e o papel desempenhado pela universidade no rompimento de um ciclo longo de políticas conservadoras, forçando a prefeitura a rever sua atuação, bem como sua relação com as políticas culturais do governo federal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Larisse Kupsky, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Mestre em Administração, Programa de Pós-Graduação em Administração, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rosimeri Carvalho da Silva, UFRGS

Departamento de Ciências da Administração - Escola de Administração, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Downloads

Publicado

2014-07-15

Como Citar

Kupsky, L., & Silva, R. C. da. (2014). A universidade federal do Rio Grande e o campo das políticas culturais o município do Rio Grande &lt;BR&gt; The Federal University of Rio Grande and the field of Cultural policy of Rio Grande city. SINERGIA - Revista Do Instituto De Ciências Econômicas, Administrativas E Contábeis, 17(2), 49–60. Recuperado de https://periodicos.furg.br/sinergia/article/view/4229

Edição

Seção

Artigos