Industrialização do Brasil: evidências empíricas refutadoras da tese clássica de Celso Furtado <BR> Industrialization of Brazil: empirical evidence refutadoras classical thesis Celso Furtado

Autores

  • Diogo Del Fiori Universidade de São Paulo-USP/ESALQ

Resumo

Resumo: A análise empírica sobre a oscilação do preço do café na década de 1930 sugere que a contribuição do setor cafeicultor para o processo de industrialização do Brasil passou a ter natureza diferente da que tinha no período anterior a 1930. O Brasil continuou com o processo de industrialização a partir da década de 1930 enquanto o preço do café tinha tendência de queda, com recuperações esporádicas ao longo do período. Dada a característica inelástica do preço do café, o aumento do consumo não compensava a queda do preço, o que acarretava queda de renda. Assim, o argumento de Furtado também deva ser relativizado quando é feita essa análise, embora este produto tenha exercido grande contribuição nas décadas anteriores a 1930. Palavras Chave: Café, Renda, Industrialização Abstract: The empirical analysis of the fluctuation of coffee prices in the 1930s suggests that the grower sector's contribution to the process of industrialization of Brazil had a different nature than it had in the period before 1930. Brazil continued with the process of industrialization from the 1930s while the price of coffee had a tendency to decrease, with sporadic recoveries during the period. Given the characteristic inelastic coffee prices, increased consumption was not worth the price fall, which caused drop in income. Thus, the argument Furtado should also be qualified as such an analysis is made, although this product has had a large contribution in the decades before 1930. Keywords: Coffee, Income, Industrialization Classificação JEL: N0, N00

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Diogo Del Fiori, Universidade de São Paulo-USP/ESALQ

Departamento de Pós Graduação em Economia Aplicada -PPGE

Doutorando do curso de economia aplicada

Downloads

Publicado

2014-05-21

Como Citar

Fiori, D. D. (2014). Industrialização do Brasil: evidências empíricas refutadoras da tese clássica de Celso Furtado &lt;BR&gt; Industrialization of Brazil: empirical evidence refutadoras classical thesis Celso Furtado. SINERGIA - Revista Do Instituto De Ciências Econômicas, Administrativas E Contábeis, 17(1), 35–50. Recuperado de https://periodicos.furg.br/sinergia/article/view/3434

Edição

Seção

Artigos