Proposta de um modelo de mensuração para caracterizar sistemas de informação<\b>

Décio Bittencourt Dolci, João Luiz Becker

Resumo


O presente trabalho apresenta e valida um modelo de mensuração de características dos sistemas de informação inseridos nas organizações. Para desenvolver o modelo partiu-se de uma análise empírica de 394 sistemas de informação presentes em organizações brasileiras que passaram por mudanças provenientes de intervenções realizadas por programas de melhoria. O modelo emergiu de uma análise fatorial exploratória com parte da amostra (159 respondentes), sendo validado por uma análise fatorial confirmatória usando equações estruturais com as respostas remanescentes. Os resultados corroboram estudos anteriores mostrando a presença de quatro variáveis latentes para características dos sistemas de informação, assim definidas: escopo – grau de abrangência em termos de distintos grupos de usuários e número de funções (ou áreas funcionais) auxiliados pelo sistema; acessibilidade – grau de facilidade de acesso ao aplicativo e de distribuição de dados; integração – grau de integração com outros sistemas de informação, internos ou externos à organização; e foco – grau em que a TI direciona seu foco no apoio a processos decisórios. O modelo mostrou-se bastante ajustado aos dados empíricos, apresentando escalas com validade convergente, itens unidimensionais e construtos testados quanto à validade discriminante e à confiabilidade

Palavras-chave


Sistemas de Informação, TI, Capabilidades da TI, Modelos de Mensuração, Equações Estruturais.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


SINERGIA, ISSN eletrônico: 2236-7608 / ISSN impresso: 0102-7360, Rio Grande, Brasil

.......

Indexadores

PROPESQ PROPESQ Genamics JournalSeek PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ AmeliCA