<b>Um sistema de custeamento para empresas de pesca oceânica</b>

Autores

  • Carlos Antonio de Rocchi
  • Carlos Alberto Bragagnolo

Resumo

Utilizando como laboratório o navio de pesquisas oceanográficas “Atlântico sul”, os professores Carlos Alberto Bragagnolo e Carlos Antonio de Rocchi montaram um sistema de apuração e controle de custos para navios pesqueiros. Conquanto o “Atlântico Sul’ seja uma embarcação dedicada essencialmente à pesquisa, o modelo desenvolvido pelos referidos pesquisadores pode ser facilmente adaptado para unidades que praticam a pesca com objetos industriais. Entretanto, nesta finalidade surge o problema de planejar as atividades, de formas a otimizar os custos e predeterminar um Nível de Lucro. Ocorre que o resultado de uma viagem de pesca depende fortemente de fatores totalmente aleatórios e incontroláveis, tais como marés, grau de salinidade, ocorrência ou não dos cardumes, etc. os autores sugerem então a elaboração de orçamentos probabilísticos, calculados para três diferentes alternativas: otimista, mais provável e estatísticas que são utilizados no Método PERT de propagação por grafos, ao mesmo tempo é de difícil elaboração e acompanhamento. Este trabalho foi apresentado no XIº Congresso argentino de Professores Universitários de Costos, realizado em Mar Del Plata, em setembro de 1988.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Antonio de Rocchi

Mestre em Administração pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1976) e doutor em Engenharia da Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (2007).

Arquivos adicionais

Publicado

2011-11-03

Como Citar

de Rocchi, C. A., & Bragagnolo, C. A. (2011). &lt;b&gt;Um sistema de custeamento para empresas de pesca oceânica&lt;/b&gt;. SINERGIA - Revista Do Instituto De Ciências Econômicas, Administrativas E Contábeis, 3(1), 9–38. Recuperado de https://periodicos.furg.br/sinergia/article/view/2026

Edição

Seção

Artigos