O trabalho no “centro” do consumo: uma análise das relações laborais em um shopping center de Porto Alegre.

Márcio André Leal Bauer, Deise Luiza da Silva Ferraz, Roberto Dantas Brandão Júnior, Simone Nenê Portela Dalbosco

Resumo


A reestruturação produtiva e a desregulamentação do mercado de trabalho são fatores que provocam a degradação das condições e dos regimes de trabalho e influenciam as relações de trabalho em todos os setores da economia. O presente artigo tem como objetivo identificar as percepções dos comerciários, que exercem suas atividades em um shopping center de Porto Alegre, a cerca das relações de trabalho. Busca-se conhecer as práticas gerenciais em terrenos como salários, jornada de trabalho, folgas e trabalhos aos domingos. Utilizamos a abordagem quantiqualitativa de pesquisa por intermédio da análise dos dados da RAIS (Relação Anual de Informações Sociais)e da técnica da análise de conteúdo nas entrevistas. Dentre os achados mais gerais do estudo, podemos afirmar que a força da representação sindical é reduzida; a jornada é flexibilizada e ampliada até o limite - o trabalho sem remuneração extra aos Domingos; o salário fixo é considerado insatisfatório e o variável, para ser aceitável, exige uma dedicação exaustiva do trabalhador. Esses fatores influenciam negativamente a percepção que os comerciários possuem a respeito das relações de trabalho a qual estão submetidos e, por via de consequência, acerca do próprio trabalho enquanto atividade humana.

Palavras-chave


Trabalho. Relações de trabalho. Comerciários.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


SINERGIA, ISSN eletrônico: 2236-7608 / ISSN impresso: 0102-7360, Rio Grande, Brasil

.......

Indexadores

PROPESQ PROPESQ Genamics JournalSeek PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ AmeliCA