<b>Teste da validade da paridade descoberta de juros para o Brasil entre 2001 e 2007.</b>

Autores

  • Rodrigo de Sá da Silva
  • Paulo Renato Lessa Pinto

Palavras-chave:

Paridade Descoberta de Juros (PDJ). Economia brasileira. Expectativas racionais.

Resumo

A paridade descoberta de juros (PDJ) afirma que o processo de arbitragem fará com que títulos equivalentes de dois países diferentes tenham o mesmo retorno líquido. Se um título de um país paga uma taxa de juros maior do que a internacional há uma expectativa de depreciação da sua moeda e, assim, espera-se que o retorno real do título convirja para a taxa de juros internacional. Porém, nos últimos anos, os títulos brasileiros têm pagado uma taxa de juros acima da internacional e sua moeda vem se apreciando frente ao dólar, fazendo com que o retorno real dos títulos do país seja maior do que o internacional. Neste trabalho, buscamos testar, então, esta paridade para a economia brasileira durante o período de novembro de 2001 a setembro de 2007 – período no qual o Brasil já adotava o câmbio flutuante. Uma ferramenta para o teste são os mínimos quadrados ordinários, ajustados à possível autocorrelação entre os resíduos. Testa-se se o diferencial de juros é estatisticamente significativo na variação da taxa de câmbio. Além disso, compara-se o processo de formação das expectativas quanto ao câmbio – expectativas racionais e pesquisa do Relatório Focus – na verificação da PDJ.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodrigo de Sá da Silva

Graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Rio Grande, Brasil(2008). Pesquisador da Fundação de Economia e Estatística , Brasil.

Mais informações: Currículo Lattes

Paulo Renato Lessa Pinto

Graduação em Economia e Pós-Graduação em Geografia do Rio Grande do Sul em 1987 na Universidade Católica de Pelotas - UCPEL, Doutorado em Ciências Econômicas e Empresariais na Universidad Complutense de Madrid - UCM (revalidação: UFRGS), UCM, Espanha.

Mais informações: Currículo Lattes

Downloads

Publicado

2011-06-28

Como Citar

da Silva, R. de S., & Pinto, P. R. L. (2011). &lt;b&gt;Teste da validade da paridade descoberta de juros para o Brasil entre 2001 e 2007.&lt;/b&gt;. SINERGIA - Revista Do Instituto De Ciências Econômicas, Administrativas E Contábeis, 12(2), 21–36. Recuperado de https://periodicos.furg.br/sinergia/article/view/1477

Edição

Seção

Artigos