Educação ambiental nas escolas rurais: contribuições das pesquisas científicas no Brasil<br>Educación ambiental en las escuelas rurales: contribuciones de las investigaciones científicas en Brasil<br>Environmental education in rural schools: contributions of scientific research in Brazil

Autores

  • Suellen Lemes Freire Santos Instituto Federal do Pará-IFPA- Campus Castanhal/ estudante
  • Romier da Paixão Sousa Instituto Federal do Pará-IFPA- Campus Castanhal/ Docente

DOI:

https://doi.org/10.14295/remea.v35i2.7676

Palavras-chave:

Educação ambiental, Escolas no campo, Pesquisa.

Resumo

Este trabalho tem como proposta, apresentar resultados da pesquisa de mestrado, visando contribuir com as discussões e estratégias para o ensino e pesquisa na área de educação ambiental. Em vista disso, este artigo busca refletir sobre o desenvolvimento da educação ambiental nas escolas rurais, identificando as propostas metodológicas, pedagógicas e as principais temáticas abordadas nas produções científicas nacionais sobre o tema. Foi realizada uma investigação na produção científica brasileira em educação ambiental especificamente no âmbito das escolas rurais no período compreendido de 2007 a 2016. Com esta pesquisa foi possível concluir que existe a necessidade de desenvolver uma educação ambiental crítica nas escolas rurais a partir de uma proposta interdisciplinar e transdisciplinar devido à complexidade do espaço rural e da abrangência da temática. Este trabajo tiene como propuesta, presentar resultados de la investigación de maestría, buscando contribuir con las discusiones y estrategias para la enseñanza e investigación en el área de educación ambiental. En vista de ello, este artículo busca reflexionar sobre el desarrollo de la educación ambiental en las escuelas rurales, identificando las propuestas metodológicas, pedagógicas y las principales temáticas abordadas en las producciones científicas nacionales sobre el tema. Se realizó una investigación en la producción científica brasileña en educación ambiental específicamente en el ámbito de las escuelas rurales en el período comprendido de 2007 a 2016. Con esta investigación fue posible concluir que existe la necesidad de desarrollar una educación ambiental crítica en las escuelas rurales a partir de una propuesta interdisciplinaria y transdisciplinar debido a la complejidad del espacio rural y del alcance de la temática. This work has as proposal, to present results of the masters research, aiming to contribute with the discussions and strategies for teaching and research in the area of environmental education. In view of this, this article seeks to reflect on the development of environmental education in rural schools, identifying the methodological and pedagogical proposals and the main topics addressed in the national scientific productions on the theme. An investigation was carried out in the Brazilian scientific production in environmental education specifically in rural schools in the period from 2007 to 2016. With this research it was possible to conclude that there is a need to develop a critical environmental education in rural schools based on an interdisciplinary proposal and transdisciplinary due to the complexity of the rural area and the scope of the theme.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Suellen Lemes Freire Santos, Instituto Federal do Pará-IFPA- Campus Castanhal/ estudante

Graduação em Pedagogia pela UFPA (2008), Mestranda em Desenvolvimento Rural e Gestão de Empreendimentos Agroalimentares (PPDRGEA) pelo Instituto Federal do Pará- IFPA.

Romier da Paixão Sousa, Instituto Federal do Pará-IFPA- Campus Castanhal/ Docente

Graduação em Agronomia pela UFRA (1999), e Doutorado em Estudios Medioambientales pela Universidad Pablo de Olavide (2015).

Referências

ALMEIDA, D. F.; MANIVA, L. S.; CAMPOS, C. E. C.. The value of the jaguar (Panthera onca) according to secondary students. Ciênc. educ. (Bauru), Bauru , v. 21, n. 1, p. 123-132, Mar. 2015 . Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-73132015000100008&lng=en&nrm=iso. Acesso em 20/12/2017. http://dx.doi.org/10.1590/1516-731320150010008.

ARAUJO, C. S. F.; SOUSA, A. N. Estudo do processo de desertificação na Caatinga: uma proposta de educação ambiental. Ciênc. educ. (Bauru), Bauru , v. 17, n. 4, p. 975-986, 2011 . Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-73132011000400013&lng=en&nrm=iso. Acesso em 19/12/ 2017. http://dx.doi.org/10.1590/S1516-73132011000400013.

BASTOS, P. C. R. R. et al . Etnozoologia e educação ambiental para escolas da Amazônia: experimentação de indicadores quantitativos. Trab. educ. saúde, Rio de Janeiro , v. 14, n. 3, p. 825-848, Dec. 2016 . Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-77462016000300825&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 19/ 12/ 2017. http://dx.doi.org/10.1590/1981-7746-sip00125.

BERNAL, A. B. (ORG). Apoio à implementação do Programa de educação ambiental e agricultura familiar nos territórios. Volume 1: Educação Ambiental e Agricultura Familiar: aspectos introdutórios. Brasília: MMA,2015. Disponível em: http://www.terrabrasilis.org.br/ecotecadigital/images/abook/pdf/2016/abril/Abr.16.17.pdf Acesso em: 17/04/2016.

BESERRA, E.; ALVES, M. D. S. Enfermagem e saúde ambiental na escola. Acta paul. enferm. São Paulo , v. 25, n. 5, p. 666-672, 2012 . Available from http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-21002012000500004&lng=en&nrm=iso. access on 19 Dec. 2017. http://dx.doi.org/10.1590/S0103-21002012000500004.

BORGES, M. G.; CARVALHO, I. C. M.; STEIL, C. A. A juçara vai à escola: aprendizagem entre pessoas, coisas e instituições. Horiz. antropol., Porto Alegre, v. 21, n. 44, p. 309-329, Dez. 2015. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-71832015000200309&lng=en&nrm=iso>. Acesso em 19/12/ 2017. http://dx.doi.org/10.1590/S0104-71832015000200013.

CALDART, R. S. Educação do campo: notas para uma análise de percurso. In: Educação do Campo e Pesquisa II: questões para reflexão. MOLINA, M. C. (org.) – Brasília: MDA/MEC, 2010.

______. A escola do campo em movimento. In: Arroyo, M. G. ; CALDART, R. S.; MOLINA, M. C.(Orgs.). Por uma educação do campo.5 ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2011.

______. Educação do campo: notas para uma análise de percurso. Trab. educ. saúde, Rio de Janeiro, v. 7, n. 1, p. 35-64, 2009.

CARVALHO, I. C. M. A Educação Ambiental no Brasil. In: Educação Ambiental no Brasil. Revista Salto para o futuro. Ano XVIII boletim 01 - Março de 2008. Ministério da Educação: secretaria de educação a distância. Disponível em: http://forumeja.org.br/sites/forumeja.org.br/files/Educa%C3%A7%C3%A3o%20Ambiental%20no%20Brasil%20(texto%20basico).pdf Acesso em: 17/12/2016.

______. Educação Ambiental crítica: nomes e endereçamentos da educação. In: LAYRARGUES, P. P.(Coord.). Identidades da Educação Ambiental brasileira. Brasília: Ministério do Meio Ambiente, 2004. p. 13-24. Disponível em: http://www.mma.gov.br/port/sdi/ea/og/pog/arqs/livro_ieab.pdf Acesso em: 30/06/2016.

______. Qual educação ambiental? Elementos para um debate sobre educação ambiental e extensão rural. Agroecologia e Desenvolvimento Rural Sustentável. Porto Alegre, v.2, n.2, abr./jun.2001. Disponível em: http://www.mma.gov.br/estruturas/educamb/_arquivos/qual_educacao_ambiental_20.pdf Acesso em: 15/12/2016.

CASANOVA, M. P.; ALVES, J. M.. Metas de realização e autoconceitos de estudantes de ciências em contexto de ensino com pesquisa. Ciênc. educ. (Bauru), Bauru , v. 19, n. 4, p. 823-839, 2013 . Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-73132013000400004&lng=en&nrm=iso. Acesso em 19/12/2017. http://dx.doi.org/10.1590/S1516-73132013000400004.

DIAS, G. F. Os quinze anos da educação ambiental no brasil: um depoimento. Revista: Em Aberto, Brasília, v. 10, n. 49, jan./mar. 1991. Disponível em: < http://www.rbep.inep.gov.br/index.php/emaberto/article/view/1798/1769> Acesso em 23/08/2017.

DIEGUES, A. C. O mito moderno da natureza intocada. São Paulo: Hucitec: Nupaub-USP/CEC, 2008.

FALCÃO, E. B. M.; ROQUETTE, G. S. As representações sociais de natureza e sua importância para a educação ambiental: uma pesquisa em quatro escolas. Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências, v. 9, n. 1, 2007. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/epec/v9n1/1983-2117-epec-9-01-00038.pdf> Acesso em: 19/12/2017.

FERNANDES, B. M. Educação do campo e território camponês no Brasil. In: SANTOS, C. A. (Org.). Educação do campo: campo, políticas públicas Educação ambiental: pesquisa e desafios. Brasília: Incra; MDA, 2008. p. 39-66.

FORNAZIERO, C. C. et al . O ensino da anatomia: integração do corpo humano e meio ambiente. Rev. bras. educ. med., Rio de Janeiro , v. 34, n. 2, p. 290-297, June 2010 . Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022010000200014&lng=en&nrm=iso . Acesso em 19/12/ 2017. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-55022010000200014.

FRACALANZA, H. et al. A educação ambiental no Brasil: panorama inicial da produção acadêmica. Revista Ciências em foco. Campinas, SP - ISSN 2178-1826, 2008. Disponível em:< http://ojs.fe.unicamp.br/ged/cef/article/view/4458> Acesso em: 25/05/2017.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. 17. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

GALLI, A. Educação Ambiental como Instrumento para o desenvolvimento sustentável. 3. ed. Curitiba: Juruá, 2012.

GARRIDO, Francisco et al. (Ed.). El paradigma ecológico en las ciencias sociales. Icaria Editorial, 2007.

GHEDIN, E. A despolitização operada e a contra-hegemonia construída pela escola do campo. In: GHEDIN, E. (org.). Educação do Campo: epistemologia e práticas. 1 ed. São Paulo: Cortez, 2012.

GOMES, R. M. V.; CAMARA, V. M.; SOUZA, D. Perpétua Oliveira de. Modificação do conhecimento sobre acidentes de trabalho entre escolares residentes de uma área impactada por aterro sanitário. Rev. bras. epidemiol. São Paulo, v. 19, n. 3, p. 632-644, Sept. 2016 . Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-790X2016000300632&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 19/12/ 2017. http://dx.doi.org/10.1590/1980-5497201600030013.

GRÜN, M. Ética e Educação Ambiental: a conexão necessária. São Paulo: Papirus, 2012.

GUIMARÃES, M. Educação Ambiental Crítica. In: LAYRARGUES, P. P. (Coord). Identidades da Educação Ambiental brasileira. Brasília: Ministério do Meio Ambiente, 2004. p. 07-12. Disponível em: http://www.mma.gov.br/port/sdi/ea/og/pog/arqs/livro_ieab.pdf Acesso em: 30/06/2016.

______. Por uma educação ambiental crítica na sociedade atual. Revista Interdisciplinar da Divisão de Pesquisa e Pós-Graduação do Campus Universitário de Abaetetuba/Baixo Tocantins/UFPA. Vol. 7 N. 9 jan/2012. Disponível em: http://periodicos.ufpa.br/index.php/revistamargens/issue/viewIssue/148/29 . Acesso em: 02/09/2017.

HOFSTATTER, L. J. V.; OLIVEIRA, H. T.; SOUTO, F. J. B.. Uma contribuição da educação ambiental crítica para (des)construção do olhar sobre a seca no semiárido baiano. Ciênc. educ. (Bauru), Bauru , v. 22, n. 3, p. 615-633, Set. 2016 . Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-73132016000300615&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 19/12/2017. http://dx.doi.org/10.1590/1516-731320160030005.

JACOBI, P. R. Meio ambiente, educação e cidadania: diálogo e saberes e transformação das práticas educativas. IN: JACOBI, P. R.; MONTEIRO, F; FERNANDES, M. L. B. Educação e sustentabilidade: caminhos e práticas para uma educação transformadora. São Paulo: Evoluir Cultural, 2009.

LAYRARGUES, P. P. Para onde vai a educação ambiental? O cenário político-ideológico da educação ambiental brasileira e os desafios de uma agenda política crítica contra-hegemônica. Revista Contemporânea de Educação, vol. 7, n. 14, agosto/dezembro de 2012. Disponível em: https://revistas.ufrj.br/index.php/rce/article/view/1677 Acesso em: 02/03/2017.

LAYRARGUES, P. P.; LIMA, G. F. C. Mapeando as macro-tendências político-pedagógicas da educação ambiental contemporânea no Brasil. VI Encontro “Pesquisa em Educação Ambiental” e a Pós-Graduação no Brasil Ribeirão Preto, setembro de 2011.

LEFF, E. Ecologia, capital e cultura. Petrópolis, RJ: Vozes, 2009.

LOUREIRO, C. F. B. Proposta Pedagógica: Educação Ambiental no Brasil. In: Educação Ambiental no Brasil. Revista Salto para o futuro. Ano XVIII boletim 01 - Março de 2008. Ministério da Educação: secretaria de educação a distância. Disponível em: http://forumeja.org.br/sites/forumeja.org.br/files/Educa%C3%A7%C3%A3o%20Ambiental%20no%20Brasil%20(texto%20basico).pdf Acesso em: 17/12/2016.

______. Sustentabilidade e educação: em defesa da educação ambiental no Brasil. IN: SILVA, M. L. Políticas e práticas de educação ambiental na Amazônia: das unidades de conservação aos grandes empreendimentos econômicos. Belém: UFPA, GEAM, 2014.

MICHELOTTI, F. Educação do campo: reflexões a partir da tríade produção,- cidadania- pesquisa. In: SANTOS, C. A. (Org.). Educação do campo: campo, políticas públicas. Brasília: Incra; MDA, 2008. p. 39-66.

MOLINA, M. C. Educação do Campo e pesquisa: questões para reflexão. Brasília: Ministério do Desenvolvimento Agrário: 2006. Disponível em: http://www.mda.gov.br/sitemda/sites/sitemda/files/user_arquivos_64/EDUCA%C3%87%C3%83O%20DO%20CAMPO%20e%20pesquisa%20II.pdf Acesso em: 30/06/2016.

OLIVEIRA, L. M. M.; HAGE, S. A. M. A socioterritorialidade da amazônia e as políticas de educação do campo. Revista Ver a Educação, v. 12, n. 1, p. 141-158, jan./jun. 2011. Disponível em: http://periodicos.ufpa.br/index.php/rve/article/view/1006 Acesso em: 18/03/2017.

PLÁCIDO, P. O; GUIMARÃES, M. Considerações sobre a educação ambiental, empresas e escolas: ressignificando trajetórias pela perspectiva crítica. IN: SILVA, M. L. Políticas e práticas de educação ambiental na Amazônia: das unidades de conservação aos grandes empreendimentos econômicos. Belém: UFPA, GEAM, 2014.

REIGOTA, M. O que é educação ambiental? São Paulo: Brasiliense, 2014.

______.O estado da arte da pesquisa em educação ambiental no Brasil. Pesquisa em Educação Ambiental, vol. 2, n. 1 – pp. 33-66, 2007. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/pea/article/view/30017 .Acesso em: 02/09/2017.

SAITO. C. H. Política Nacional de Educação Ambiental e Construção da cidadania: desafios contemporâneos. IN: RUSCHEINSKY, A.(Orgs.) Educação Ambiental: abordagens múltiplas. Porto Alegre: Artmed, 2002. p. 47- 60.

SAUVÉ, L. Uma cartografia das correntes em educação ambiental. In: SATO, M.; CARVALHO, I. C. M. (Orgs.). Educação ambiental: pesquisa e desafios. Porto Alegre: Artmed, 2008. p. 17-45.

SORRENTINO, M. et al. Educação ambiental como política pública. Revista: Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 31, n. 2, p. 285-299, maio/ago. 2005. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/ep/v31n2/a10v31n2> Acesso em 19/12/2016.

TOZONI-REIS, M, F, C. Educação Ambiental: natureza, razão e história. Campinas, São Paulo: Autores associados, 2004.

______. Pesquisa-ação em Educação Ambiental. Revista Pesquisa em Educação Ambiental, vol. 3, n. 1 – pp. 155-169, 2008.

TOZONI-REIS, M, F, C; CAMPOS, L. M. L. Educação ambiental escolar, formação humana e formação de educadores: articulações necessárias. Educar em Revista, Curitiba, Brasil, Edição Especial n. 3/2014, p. 145-162. Editora UFPR. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/er/nspe3/a10nspe3.pdf > Acesso em 17/02/2017.

TREIN, E. A Perspectiva crítica e emancipatória da Educação Ambiental. In: Educação Ambiental no Brasil. Revista Salto para o futuro. Ano XVIII boletim 01 - Março de 2008. Ministério da Educação: secretaria de educação a distância. Disponível em: http://forumeja.org.br/sites/forumeja.org.br/files/Educa%C3%A7%C3%A3o%20Ambiental%20no%20Brasil%20(texto%20basico).pdf Acesso em: 17/12/2016.

VINDOURA-GOMES, Rosangela Maiara; DE MAGALHÃES CÂMARA, Volney; DE SOUZA, Delma Perpétua Oliveira. Escolares residentes em área impactada por aterro sanitário e seu conhecimento sobre poluição. Cadernos Saúde Coletiva, v. 23, n. 4, 2015. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/cadsc/v23n4/1414-462X-cadsc-23-4-445.pdf. Acesso em: 19/12/2017.

ZAKRZEVSKI, S. B. A educação ambiental nas escolas do campo. In: MELLO, S. S.; TRAJBER, R. Vamos cuidar do Brasil: conceito de Educação Ambiental na escola. Ministério da Educação, Coordenação Geral de Educação Ambiental: UNESCO, 2007. p. 199- 207. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/publicacao3.pdf . Acesso em: 30/06/2016.

Downloads

Publicado

2018-08-31

Como Citar

Santos, S. L. F., & Sousa, R. da P. (2018). Educação ambiental nas escolas rurais: contribuições das pesquisas científicas no Brasil&lt;br&gt;Educación ambiental en las escuelas rurales: contribuciones de las investigaciones científicas en Brasil&lt;br&gt;Environmental education in rural schools: contributions of scientific research in Brazil. REMEA - Revista Eletrônica Do Mestrado Em Educação Ambiental, 35(2), 105–124. https://doi.org/10.14295/remea.v35i2.7676

Edição

Seção

Artigos