DE TELHADO EM TELHADO: O PARKOUR NA EDUCAÇÃO FÍSICA

Autores

  • César Augusto Otero Vaghetti Escola Superior de Educação Física - UFPel
  • Marcos Corrêa da Silva Borges Escola Superior de Educação Física - UFPel
  • Eduardo Merino Escola Superior de Educação Física - UFPel
  • Dimitri Wuo Pereira Universidade Nove de Julho

DOI:

https://doi.org/10.14295/rds.v21i2.11196

Palavras-chave:

Atividades de aventura, Free-running, Bacharelado, Licenciatura

Resumo

O objetivo foi apresentar os relatos de praticantes de Parkour em um projeto de extensão desenvolvido na Escola Superior de Educação Física / UFPel, e discutir sua possibilidade de inserção no ensino de Educação Física. Esta pesquisa possui características de um estudo intervencionista qualitativo, resultante de projeto de extensão universitária. Quatro acadêmicos de Educação Física e nove membros da comunidade participaram do estudo. As intervenções ocorreram uma vez por semana, desenvolvidas por estudante do curso de bacharelado em Educação Física. Através de um questionário semi-estruturado com dez perguntas abertas, os participantes afirmaram ser interessante a inserção do Parkour no ensino superior de Educação Física como uma nova oportunidade de trabalho, tanto como um novo método para aptidão física para o bacharel ou para o licenciado, quanto para o ensino superior enquanto disciplina acadêmica e cultura corporal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-08-07

Como Citar

Vaghetti, C. A. O., Borges, M. C. da S., Merino, E., & Pereira, D. W. (2020). DE TELHADO EM TELHADO: O PARKOUR NA EDUCAÇÃO FÍSICA. Revista Didática Sistêmica, 21(2), 8–18. https://doi.org/10.14295/rds.v21i2.11196

Edição

Seção

Artigos