Chamada de trabalhos/Call for papers - Dossiê/Dossier – Os venezuelanos entre a migração e o exílio. Tendências e estratégias/The Venezuelans between migration and exile. Trends and strategies.

2021-01-08

Chamada de trabalhos: Dossiê – Os venezuelanos entre a migração e o exílio. Tendências e estratégias.

Após mais de um século como país de imigração, ao longo da última década a Venezuela tornou-se um país de emigração. A desestruturação do sistema econômico, político e social do país provocou a saída de vários milhões de venezuelanos que procuraram refúgio nos países vizinhos, mas também em países como os EUA, a Espanha ou Portugal. Este fluxo migratório misto constitui atualmente o principal movimento migratório na América do Sul e tem contribuído para uma alteração das políticas migratórias de vários países e desafiado a sua capacidade de acolhimento e de integração de migrantes e refugiados. Entre os setores impactados destacamos, obviamente, a salvaguarda de Direitos Humanos; a saúde, em tempos de pandemia; a educação, com um acolhimento de uma população jovem e a necessidade de integrar estas crianças e jovens em sistemas locais; o mercado de trabalho, num tempo de precariedade e desestabilização econômica, mas também áreas específicas como a saúde mental; as políticas públicas; políticas de gênero.

No intuito de construir um sistema integrado de artigos referência na análise deste fluxo migratório procuramos artigos de análise, de base empírica ou outra, que permitam uma compreensão das suas dinâmicas, tendências e estratégias.

Org. João Carlos Jarochinski Silva, Universidade Federal de Roraima (UFRR) e Pedro Góis, Universidade de Coimbra (UC), Portugal.

Envio dos textos até 08.02.2021 – Na plataforma da revista – Os textos podem ser escritos em português, inglês ou espanhol.

 

Call for papers - Dossier: The Venezuelans between migration and exile. Trends and strategies.

After more than a century as a country of immigration, over the last decade Venezuela has become a country of emigration. The destruction of the country's economic, political and social system led to the departure of several million Venezuelans who sought refuge in neighboring countries, but also in countries such as the USA, Spain, or Portugal. This mixed migratory flow is currently the main migratory movement in South America and has contributed to a change in the migration policies of several countries and has challenged their capacity to welcome and integrate migrants and refugees. Among the sectors affected, we highlight, of course, the safeguarding of Human Rights; health in times of pandemic; education, welcoming a school-age population and the need to integrate these children and young people into local systems; the labor market, in a time of precariousness and economic destabilization, but also specific areas such as mental health; public policies; gender policies. In order to build an integrated system of reference articles in the analysis of this migratory flow, we look for articles of analysis, empirical or otherwise, that allow an understanding of its dynamics, trends, and strategies.

Org. João Carlos Jarochinski Silva, Universidade Federal de Roraima (UFRR) e Pedro Góis, Universidade de Coimbra (UC), Portugal.

Deadline for Paper Submissions is 02/08/21