[1]
L. G. Liberato Tizzo e S. Furlanetto de Mattos Cunha, “A crise da autonomia do direito em razão de sua instrumentalização pela intenção política”, JURIS, vol. 31, nº 1, jan. 2022.