Júlia Lopes de Almeida: considerações sobre “O último capítulo” no centenário da Revista Atlântida

Isabel Cruz Lousada, Luciana Eleonora de Freitas Calado Deplagne

Resumo


O artigo que apresentamos tem por base a celebração
do centenário da revista Atlântida, no ano que decorre, 2015, através
da abordagem ao conto de Júlia Lopes de Almeida aí publicado, no
número 3, em 1916, intitulado «O último capítulo». Considerada
a pertinência do papel da Editora Mulheres e a da sua fundadora,
Zahidé Muzart (cuja morte ensombrou, neste mesmo ano, o panorama
dos Estudos de Género, particularmente no Brasil e em Portugal),
para o conhecimento da obra da escritora Júlia Lopes de Almeida,
procuraremos articular diversos aspectos no sentido de ilustrar a obra
de tão relevantes autoras atendendo ao panorama da escrita de autoria
feminina.

Palavras-chave


Júlia Lopes de Almeida. Zahidé Muzart. Autoria Feminina. Mulheres Escritoras na História. Centenário Revista Atlântida.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Historiæ, ISSN 1519-8502, E-ISSN 2238-5541, Rio Grande/RS, Brasil


PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ