Teias e tramas da ficção e da história: uma das tendências do romance contemporâneo em Angola e Moçambique

Carmen Lucia Tindó Ribeiro Secco

Resumo


A literatura, lugar de reflexão crítica da história e da cultura. Os frágeis limites entre o factum e o fictum. Os contextos históricos de Angola e Moçambique representados pelo imaginário literário. Os subterrâneos do tempo e da memória: a “reinvenção das tradições” e a resistência cultural. Tendências do romance angolano e moçambicano da pós-independência. Análise de obras de Pepetela, Manuel Rui, Boaventura Cardoso e Mia Couto, João Paulo Borges Coelho, Ba Ka Khosa.

Palavras-chave


Literatura. História. Romance. Angola. Moçambique

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Historiæ, ISSN 1519-8502, E-ISSN 2238-5541, Rio Grande/RS, Brasil


PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ