<b>A cidade "genderizada": Lisboa e o contexto de afirmação política da dinastia de Avis no século XV</b>

Autores

  • Mariana Bonat Trevisan

Palavras-chave:

Lisboa. Identidade de gênero. Afirmação política. Crônica régia. Dinastia de Avis.

Resumo

Ao longo das últimas décadas, as reflexões acerca das questões de gênero apontam para uma percepção mais ampla dos objetos de estudo possíveis, bem como para a complexidade que envolve as interações entre gênero e outros domínios das relações sociais, tal como o da política. Nosso objetivo neste artigo é justamente tratar de como concepções e relações de gênero são trabalhadas a fim de embasar a construção de uma representação política no Portugal do baixo medievo. Portanto, procuramos analisar como a caracterização feminina da cidade de Lisboa pelo cronista Fernão Lopes (servidor da dinastia de Avis na primeira metade do século XV) insere-se no discurso memorialístico de legitimação desta nova casa real que havia se instaurado no reino ao final do século XIV.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mariana Bonat Trevisan

Doutoranda em História pelo PPGH-UFF (Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal Fluminense), filiada ao Scriptorium (Laborátório de Estudos Medievais e Ibéricos da UFF), onde desenvolve pesquisa sobre as interações entre representações de gênero, familia e política na Baixa Idade Média portuguesa. Concluiu em 2012 o mestrado em História pelo PPGH-UFF, trabalhando as relações conjugais da realeza portuguesa e a criação de identidades de gênero para seus membros a partir da cronística régia, no contexto de afirmação política da dinastia de Avis no século XV. Possui graduação em História (Licenciatura e Bacharelado) pela UFPR (Universidade Federal do Paraná), onde também foi bolsista de iniciação científica do Programa de Educação Tutorial (PET/MEC-SESU), no qual desenvolveu projetos de pesquisa coletivos e individuais na área de História em diferentes temáticas e períodos históricos.

Downloads

Publicado

2012-05-03

Como Citar

Trevisan, M. B. (2012). &lt;b&gt;A cidade &quot;genderizada&quot;: Lisboa e o contexto de afirmação política da dinastia de Avis no século XV&lt;/b&gt;. Historiæ, 3(2), 213–226. Recuperado de https://periodicos.furg.br/hist/article/view/2640

Edição

Seção

Dossiê