<b>Representações de Masculinidade e Feminilidade no Romance Diva de José Alencar</b>

Autores

  • Tânia Regina Zimmermann

Palavras-chave:

Gênero. Literatura. Masculinidades.

Resumo

A análise das relações de gênero no romance Diva de José de Alencar traduz-se na produção de sentidos para a narrativa masculina. Ser mulher e burguesa no final do século XIX implicava em adaptar-se a vários mandatos corporais que implicavam em um dever implícito vinculado a civilidade e a natureza. Mas essa vinculação ocorria de formas diferentes entre a construção do feminino e masculino. Diva reconhecia essas diferenças e resistia a alguns mandatos, porém o amor romântico deveria prevalecer como um modelo entre as elites cariocas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tânia Regina Zimmermann

Professora da Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul.

Downloads

Publicado

2012-05-03

Como Citar

Zimmermann, T. R. (2012). &lt;b&gt;Representações de Masculinidade e Feminilidade no Romance Diva de José Alencar&lt;/b&gt;. Historiæ, 3(2), 227–244. Recuperado de https://periodicos.furg.br/hist/article/view/2636

Edição

Seção

Dossiê