<b>A política de Alexandre, o Grande, e suas representações monetárias</b>

Autores

  • Claudio Umpierre Carlan
  • Estela de Melo Faria

Palavras-chave:

Moeda. Poder. Roma.

Resumo

Este texto procura apresentar a moeda como um importante documento histórico. Como fonte principal utilizaremos as moedas de Alexandre III, o Grande, pertencentes ao acervo do Museu Histórico Nacional, no Rio de Janeiro. A moeda estruturalmente ultrapassava os limites geográficos do poder que a emitia e definia ideologicamente não só um povo, mas também a civilização a que este pertencia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Claudio Umpierre Carlan

Possui graduação em História pela Universidade Veiga de Almeida (1995), especialização em Arqueologia pela Universidade Estácio de Sá (1997), mestrado em História Social (Antiga e Medieval) pela Universidade Federal Fluminense (2000) e doutorado em História Cultural (Antiga e Medieval) pela Universidade Estadual de Campinas (2007), realizando estágio no exterior, Universidade de Barcelona, Espanha, como bolsista da CAPES. Membro do conselho consultivo da www.historiaehistoria.com.br e professor bolsista (ped) da Universidade Estadual de Campinas. Tem experiência na área de História, com ênfase em História Antiga e Medieval.

Mais informações: Currículo Lattes

Downloads

Como Citar

Carlan, C. U., & Faria, E. de M. (2012). &lt;b&gt;A política de Alexandre, o Grande, e suas representações monetárias&lt;/b&gt;. Historiæ, 2(2), 43–52. Recuperado de https://periodicos.furg.br/hist/article/view/2488

Edição

Seção

Dossiê