<b>As estruturas do cotidiano brasileiro na obra de Tarsila do Amaral</b>

Autores

  • Júlia Silveira Matos

Palavras-chave:

Tarsila do Amaral. Modernismo. Cotidiano.

Resumo

Tarsila do Amaral retratou cenas da vida cotidiana brasileira em suas diferentes temporalidades. Representou a identidade nacional em suas obras. Em cada quadro vê-se uma dimensão da vida cotidiana brasileira. As cores, a forma, os motivos, tudo é muito simbólico e original, brasileiramente singular. Assim, no presente artigo buscamos compreender as formas como Tarsila do Amaral representou as estruturas do cotidiano brasileiro, assim como seu olhar enquanto intelectual e intérprete do Brasil. No entanto, para compreender o pensamento da artista precisamos antes perceber sua constituição como tal, sua trajetória de formação e diálogo com o movimento modernista brasileiro, o que passamos a examinar a seguir.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Júlia Silveira Matos

Professora de História Moderna e de Teoria e metodologia da História dos cursos de História da Universidade Federal do Rio Grande.

Downloads

Publicado

2011-10-26

Como Citar

Matos, J. S. (2011). &lt;b&gt;As estruturas do cotidiano brasileiro na obra de Tarsila do Amaral&lt;/b&gt;. Historiæ, 1(2), 85–102. Recuperado de https://periodicos.furg.br/hist/article/view/2287

Edição

Seção

Artigos