[1]
A. Morando, N. G. S. de Souza, e P. N. dos Santos, “‘CHAMEI OS DOIS E PERGUNTEI ABERTAMENTE, QUEM ERA O PAI E QUEM ERA A MÃE’: HOMOPARENTALIDADE, DOCÊNCIA E EDUCAÇÃO INFANTIL”, DE, vol. 8, nº 1, p. 452–472, ago. 2020.