Ciclone extratropical de outubro de 2016: processos atmosféricos de formação e impactos no extremo sul do Brasil

Autores

  • Bruna Cavalcanti Gautério Universidade Federal do Rio Grande
  • Éder Leandro Bayer Maier Universidade Federal do Rio Grande
  • Ulisses Rocha de Oliveira Universidade Federal do Rio Grande

Resumo

O trabalho analisou o ciclone extratropical no extremo sul do Brasil ocorrido entre os dias 24/10/2016 e 29/10/2016 abordando os processos de formação. A escolha deste evento se deu devido aos impactos gerados pelo mesmo. Esses eventos extremos ocorrem em intervalos de períodos regulares, seguindo um padrão espacial das condições atmosféricas. Sendo assim, investigar e compreender os padrões temporais e espaciais das condições atmosféricas torna-se fundamental para realizar uma previsão do estado momentâneo da atmosfera em determinado local. As análises abrangeram duas escalas espaciais, uma continental (América do Sul) e outra regional (extremo sul do Brasil). A evolução do sistema frontal foi identificada na banda 4 do satélite GOES. Já os dados meteorológicos do INMET possibilitaram as análises dos impactos do ciclone na precipitação e no vento. Os resultados mostraram a formação do sistema frontal no nordeste argentino, o estabelecimento do vórtice ciclônico em médias latitudes e a dissipação, de ambos, no Oceano Atlântico. A frente fria associada ao evento extremo foi responsável por causar danos materiais à população e deixar os mesmos sem energia elétrica. Os ventos atingiram ≅ 40 km/h com rajadas de até 108 km/h. Essa intensidade do vento causou uma maré meteorológica na costa gaúcha danificando moradias.

Biografia do Autor

Bruna Cavalcanti Gautério, Universidade Federal do Rio Grande

Graduanda em Geografia Bacharelado, Técnica em Meio Ambiente e Técnica em Geoprocessamento. Atua na área de Geografia, com ênfase em Geografia Física e Geotecnologias.

Éder Leandro Bayer Maier, Universidade Federal do Rio Grande

Doutor em Geografia e Professor pela Universidade Federal do Rio Grande.

Ulisses Rocha de Oliveira, Universidade Federal do Rio Grande

Doutor em Geografia e Professor da Universidade Federal do Rio Grande.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

2019-01-31

Edição

Seção

Textos apresentados na XXV Semana Acadêmica de Geografia e V Semana Integrada do Programa de Pós-Graduação em Geografia