Nexos entre indicadores sociais, espaço, tempo e ação política em Porto Alegre

Daniel Godoy, Paulo Roberto Rodrigues Soares

Resumo


Este artigo apresenta um estudo de caso da produção dos indicadores sociais na cidade de Porto Alegre observando as apropriações dos indicadores sociais na esfera institucional. A perspectiva de análise entende os indicadores sociais como “objetos técnicos” (SANTOS; 1996; MILLÉO, 2005), os abordando a partir da Teoria Geográfica. Para o caso de Porto Alegre, é possível perceber a presença de diferentes paradigmas da produção de indicadores sociais e apropriações que tornam os indicadores sociais em dispositivos de relações socioespaciais, a serem usados para fins de nexos entre controle social e ordenamento territorial, demarcando uma espacialidade e racionalidade de projeção temporal para a ação política e para as relações sociais e espaciais na cidade.


Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Rev. CaderNAU - Cadernos do Núcleo de Análises Urbanas. E-ISSN 2525-7994, ISSN 1982-2642 Rio Grande, Brasil.