A evolução das exportações e importações das empresas Catarinenses

Luiz Carlos Valente Junior

Resumo


O objetivo analisar as exportações e importações do estado de Santa Catarina nos últimos anos, onde nas exportações se destacam empresas de capital aberto com alto grau de desenvolvimento tecnológico, gerencial, produtivo e elevada abrangência nacional e internacional como a BRF S.A. que se destaca mundialmente na produção e exportação de proteína animal, a Tupy S.A. reconhecida globalmente na produção de cabeçotes para motores e a WEG S.A. que atualmente conta com 35 parques fabris e 90 distribuidores estrategicamente alocados em diversos países.  Foram utilizados como base a teoria dos ciclos de Kondratieff (50 anos) para melhor compreensão da atual fase depressiva da economia mundial (pós-1973 – fase b do 4º ciclo) que se caracteriza por elevadas crises financeiras, menor taxa de investimentos, ampliação do comércio internacional, aumento do desemprego, taxa de câmbio flutuantes, financeirização mundial, entre outros, e, os ciclos médios da economia brasileira; assim como, a utilização de relatórios anuais da FIESC (Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina). Em um primeiro momento será abordada a dinâmica do comércio exterior no Brasil e posteriormente a do estado de Santa Catarina, suas exportações e importações, observando com maior detalhe as empresas citadas inicialmente.

 Palavras-chave: Comércio internacional, Empresas Catarinenses, Exportações, Importações.

 


Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Rev. CaderNAU - Cadernos do Núcleo de Análises Urbanas. E-ISSN 2525-7994, ISSN 1982-2642 Rio Grande, Brasil.