Políticas de financiamento e crescimento das cooperativas agropecuárias no sudoeste do Paraná

Wilian Padilha, Marlon Medeiros

Resumo


Após 2003, as cooperativas agropecuárias brasileiras iniciaram um importante processo crescimento econômico, que teve como sustentação a reestruturação das políticas de crédito rural e a criação de programas específicos para capitalização do setor, como o PRODECOOP e PROCAP-AGRO, que aplicaram entre 2003 e 2014 cerca de R$ 16 bilhões na modernização produtiva e comercial do setor. No caso do Sudoeste do Paraná, tais políticas de financiamento possibilitaram investimentos em infraestrutura de recebimento, armazenagem e industrialização, levando ao aumento no número de sócios, território, produção e faturamento. A partir dos programas de crédito as cooperativas do Sudoeste evoluíram do capital comercial para o capital industrial, tornando-se importantes agentes do desenvolvimento econômico na região.
Palavras-chave: Cooperativismo agropecuário; Políticas públicas; Sudoeste do Paraná.


Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Rev. CaderNAU - Cadernos do Núcleo de Análises Urbanas. E-ISSN 2525-7994, ISSN 1982-2642 Rio Grande, Brasil.