Avaliação histológica para apêndices locomotores de Neohelice granulata avaliação da eficácia de fixadores, descalcificadores e corantes para estudo de apêndices locomotores de Nohelice granulata (Dana, 1851)

Elizandra Luçardo Borges, Vinícius Cunha Gonzales, Rodrigo Dessesards Jardim, Dionísio Loch, João Cassimiro Mendonça Soares, Gilmara Santos Trindade, Antônio Sergio Varela Junior

Resumo


Foram coletados dezesseis espécimes de Neohelice granulata no estuário da Laguna dos Patos sendo que, de cada um destes foram coletados cinco apêndices locomotores. Dois destes apêndices foram fixados em Formol a 10%, outros dois em Zenker e um em Davidson, correspondendo a 32, 32, 16 repetições respectivamente. Após os apêndices terem sido fixados em Formol e Zenker estes foram colocados nos descalcificadores Ácido Nítrico 5% e Solução de Citrato de Sódio/Ácido Fórmico. Já os apêndices fixados em Davidson permaneceram nesta solução, pois se trata de um fixador/descalcificador. Após o processamento do material as lâminas foram coradas com a técnica de coloração com Hematoxilina e Eosina (HE), e pela técnica Tricrômico de Gomori e Tricrômico de Mallory. Através das análises determinou-se que não há diferença estatística entre os tratamentos, porém sugere-se o fixador e descalcificador Davidson tendo em vista sua facilidade de manuseio e os baixos custos. Com relação aos corantes observou-se que não houve diferença (P>0,05) entre as técnicas HE e o Tricrômico de Mallory, no entanto, estes foram melhores (P<0,05) que o Tricrômico de Gomori. Sendo o HE o mais indicado devido ao preço e facilidade da técnica para o estudo histológico com apêndice locomotor de Neohelice granulata.

Palavras-chave


Neohelice granulata, Técnicas histológicas, Fixador, Descalcificador, Corantes; Neohelice granulata, histological techniques, fixative, decalcifier, colorants.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5088/atlântica.v31i2.1541

ATLÂNTICA (RIO GRANDE), ISSN eletrônico: 2236-7586 / ISSN impresso: 0102-1656, Rio Grande/RS, Brasil