Distribuição de Stygarctus bradypus Schulz, 1951 (tardigrada, heterotardigrada) na margem sul da Ilha de Itamaracá (PE, Brasil)

Mônica Marinho Verçosa, Érika Cavalcante Leite dos Santos, José Roberto B. de Souza, Clélia M. C. da Rocha

Resumo


Este estudo objetivou investigar a distribuição espacial e temporal de Stygarctus bradypus Schulz, 1951 (Tardigrada, Heterotardigrada) em uma praia arenosa na margem sul da ilha de Itamaracá, 40 km a norte do Recife (PE, Brasil). As amostras foram coletadas em dois períodos do ano caracterizados por estiagem e chuva, através de duas transversais na região entre-marés, durante a baixa-mar. Foram identificados 337 indivíduos pertencentes à espécie Stygarctus bradypus. Houve diferenças significativas nas populações de S. bradypus dos dois transectos e entre os andares da praia, mas não entre os estratos sedimentares nem entre os períodos do ano. Concluiu-se que a espécie não tem a sua distribuição influenciada pelo tamanho dos grãos dos sedimentos nem pela presença de águas intersticiais, preferencialmente colonizando o médiolitoral superior da praia estudada, concentrando-se entre 10 cm a 20 cm de profundidade no sedimento ao longo do ano.

Palavras-chave


Meiofauna, Praia arenosa, Itamaracá, Stygarctus bradypus, Tardigrada; meiofauna, sandy beach, Itamaracá, Stygarctus bradypus, Tardigrada.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5088/atlântica.v31i1.1524

ATLÂNTICA (RIO GRANDE), ISSN eletrônico: 2236-7586 / ISSN impresso: 0102-1656, Rio Grande/RS, Brasil