ASPECTOS TEÓRICOS E METODOLÓGICOS DO CÍRCULO DE CULTURA: uma possibilidade pedagógica e dialógica em educação ambiental

Autores

  • Jussara Botelho Franco
  • Carlos Frederico Bernardo Loureiro

Palavras-chave:

Paulo Freire, Círculo de Cultura, Educação Ambiental crítica

Resumo

O objetivo deste ensaio teórico é caracterizar o Círculo de Cultura, situando-o no pensamento de Paulo Freire, enquanto experiência coletiva de diálogo em diversos espaços educativos. A opção temática justifica-se pela necessidade de discutir o Círculo de Cultura como proposta metodológica e fonte primária de inúmeras experiências em educação ambiental voltadas para espaços coletivos de diálogo. Para tanto, o texto percorre alguns dos fundamentos marxistas da concepção freireana de educação que determinaram o escopo geral do Círculo de Cultura (práxis, trabalho, necessidade, diálogo, totalidade e transformação social) e descreve detidamente como este se organiza e suas finalidades, indicando ao final a pertinência e atualidade do mesmo, em sua concepção original, para a educação ambiental formal ou não.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jussara Botelho Franco

Graduada em Pedagogia - Habilitação Ensino Médio(2002), mestre em Educação Ambiental pela Fundação Universidade Federal do Rio Grande (2005). Doutoranda do Programa de Pós Graduação em Educação Ambiental da Furg. Professora-colaboradora da Universidade Federal do Rio Grande.

Carlos Frederico Bernardo Loureiro

Possui doutorado em Serviço Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2000). Atualmente é professor da faculdade de educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro, professor dos programas de pós-graduação em educação (PPGE) e em psicossociologia de comunidades e ecologia social (Eicos), ambos da UFRJ

Downloads

Publicado

2012-10-13

Como Citar

Franco, J. B., & Loureiro, C. F. B. (2012). ASPECTOS TEÓRICOS E METODOLÓGICOS DO CÍRCULO DE CULTURA: uma possibilidade pedagógica e dialógica em educação ambiental. Ambiente &Amp; Educação, 17(1), 11–27. Recuperado de https://periodicos.furg.br/ambeduc/article/view/2422

Edição

Seção

Artigos